DESEJADOS

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Sopa de sofrimento

O sol hoje está queimando minha mente e meu coração. Os amores e sentimentos que guardo no peito estão borbulhando na ebulição do meu ser. Meu corpo é um caldeirão de angustia e desespero, tempero que salga minha alma, molho desta sopa de sofrimento. E os ingredientes, o que são? Todo o resto.
Tudo o que há é ingrediente deste sofrimento. Tudo o que há no mundo me desespera e me agonia.


* Texto acima foi escrito por mim em 19/11/2009, aos 20 anos, em um dos meus cadernos.

2 comentários:

  1. Há receitas que desejo aprender para assim desfrutar de algo novo e bom.
    Confesso que é a primeira vez em minha vida, que vejo uma receita tão familiar, e aparentemente tão ruim, mas ao mesmo tempo indispensável.

    Tento cozinhar da mesma forma que minha mãe, mas nunca sai com o mesmo sabor.
    A receita da sua sopa é exatamente igual a minha e a de muitas outras pessoas, só que nunca vai sair igual. Nunca ninguém “aproveitará” esta receita da mesma forma que você. E nunca ninguém deixará de “Tomar” uma sopa parecida, no decorrer da vida.

    #EsqueciDeLembrarDeTi!

    ResponderExcluir

Top Postagens