DESEJADOS

Marcos A. Junior


Me chamo Marcos A. Junior e tenho em mim, naturalmente, parte de todos os meus escritos, sejam eles personagens, pensamentos ou conceitos. Nasci em Abril de 1988, em Recife-PE, mas resido na região litorânea da cidade de Jaboatão dos Guararapes. Diferentemente do que todos pensam dos escritores, nunca fui muito adepto da leitura. Em contraposto a esse fato, a facilidade de expressar os meus sentimentos em palavras sempre foi gigantesca. No passado, em uma época não datada, escrevi várias declarações e histórias referenciando o mais nobre sentimento vivo em mim, o amor. Infeliz ou felizmente, todas foram-se com o tempo. Perdidas, apagadas, mas não completamente esquecidas. Em novembro de 2014, após a leitura de um diário/desabafo, o mais comum de acontecer com pessoas que não tem tanta facilidade para se expressar por meio de palavras faladas, por alguém bastante próxima a mim na época, fui incentivado a acreditar nesse dom com o qual fui divinamente presenteado. 

Normal? Acredito que, de perto, nenhum de nós possa ser. Somos seres cheios de particularidades e é isso que nos deixa tão complementares e especiais. Sou formado em duas graduações. Durante 11 anos seguidos da minha vida, estudei Análise de Sistemas e Administração, em duas faculdades distintas. Em vão? Acredito que nada seja. Apesar de todas as ferramentas necessárias para me tornar alguém “importante”, o vazio existencial me pertenceu, abrindo a possibilidade de crença em meus escritos. Desde então, decidi me dedicar unicamente ao meu futuro literário, por maiores que fossem as consequências advindas de tal escolha. Facilidades? Apenas na mente dos que não conhecem o nosso árduo caminho. Não é fácil, mas nada que fiz no passado me trouxe tanta felicidade quanto a tentativa de influenciar as pessoas a voltarem a acreditar no bem que nos cerca, mas há muito parece esquecido.

Dos trabalhos já realizados? Meu primeiro escrito divulgado foi o conto “A Última Dança”, disponível nas plataformas gratuitas (Wattpad e ISSUU). Depois dessa curta estória, tive o meu primeiro livro físico publicado, em julho de 2016. A obra chama-se “Herbert Flinch – O Manipulador de Sonhos” e está disponível em algumas livrarias online. Após essa estreia, publiquei o meu segundo volume, “Cem Dias Na Prisão”, em agosto de 2017. Em dezembro do mesmo ano, também divulguei o romance para maiores “Calor Carnal – Quando o amor é inesquecível”. Do futuro? Ainda tem muito mais já escrito e esperando o momento correto para ser disponibilizado para os leitores.

Tem interesse em saber mais sobre mim?
Me procura nas redes sociais. Estou no Facebook como @majoficial e Instagram e Twitter como @maj_oficial. Lá tem muito mais sobre mim e a minha forma de avaliar a vida e me inspirar. Quer uma dica? Tem muito sobre amor diariamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Top Postagens