Top Postagens

terça-feira, 24 de março de 2015

Perfume

Com certeza seu perfume é inesquecível.
Tudo bem, eu não decoro nomes. Não ia ser justamente o nome do seu perfume que eu iria lembrar. Mas lembrar a fragrância que seu corpo exalava, mais de um ano atrás, não estava em meus planos recordar...
...agora. JUSTO agora.

Estou num hospital, que eu nem esperava estar, acompanhando uma pessoa que se acidentou. Essa pessoa não é você, mas sua imagem apareceu bem a frente dos meus olhos, acompanhando o seu cheiro. Essa pessoa acidentada também não sou eu... mas bem que poderia ser!

Eu estou completamente acidentada por dentro. Meu coração acelerou o passo e tropeçou no meio-fio da calçada das paixões. Eu jurei que estava curada. Saí pela rua gritando de alegria. Engano.

Cadê o cirurgião que não chega? E a medicação? O atendimento é lento. Enquanto isso, seu cheiro.
Fragrância que impregna
na pele, nas narinas.
A paciente vai ser medicada. E eu?
Não há cura para a memória olfativa.


Um texto de Aline Menezes, criadora do Blog O Quarto de Aline

Nenhum comentário:

Postar um comentário