DESEJADOS

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Resenha: Venenosa - Fê Friederick Jhones

Oi, oi gente liiiindaaaaaaa!!!

Tudo belezinha com vocês?? Comigo tudo maravilhosamente ótimo, apesar de ainda estar sofrendo drasticamente da ressaca literária que ‘Venenosa’ me causou. Isso mesmo! A escritora Fê Friederick Jhones acabou comigo. Ainda estou física e emocionalmente destruída com o fim da leitura desse e-book tão surpreendente. Estou analisando se irei reler... Morta de saudades dos personagens e suas vidas. Saudades de acompanhar a progressão da história, tanto a transformação de Anitta, como também a de Charlie e Heitor.
  
SINOPSE
Anitta é uma mulher linda, capaz de atrair a atenção de qualquer homem e a inveja de todas as mulheres, ela sabe disso e aproveita. Seu objetivo é claro: um marido rico e uma casa na Riviera Francesa, nada menos. Seu coração é à prova de amor, seu primeiro lema é "amar jamais", só que ela não esperava ser desafiada pelo belo e sorridente garçom Heitor, ele é tudo que ela não quer, mas a vida parece pronta a brincar com seus planos. O que Anitta não faz ideia é de que Heitor esconde um grande segredo e isso pode mudar o rumo da vida dos dois.
   
RESENHA
Uma mulher tão ambiciosa a ponto de revestir-se de uma armadura contra sentimentos bons. O único sentimento bom que ela aparenta sentir, é por seu irmão Charlie, mais novo alguns anos, mas que também já é adulto. Porém no decorrer da história o que percebi foi que nem esse sentimento fraterno era bom. O que ela sentia, na verdade, era culpa e falta de perdão. Vivia culpando seus pais pelo futuro que, agora presente, ela e Charlie viviam. E culpava-se por não poder dar um futuro melhor ao seu irmão, já que era mais velha que ele e sentia-se na obrigação de protegê-lo.

Demorei alguns dias para sair dos primeiros capítulos. Lia na sala de espera de um consultório cheio de idosos, e quase sempre tinha a minha leitura interrompida por alguém puxando papo. Até que chegou minha TPM e o feriado de Carnaval. Em quatro dias adentrei nessa história tão profunda e cheia de segredos, a começar do título, que me fez questionar desde o princípio: Será que ela é mesmo venenosa? Por que? Foram madrugadas em claro, na companhia do tablet. Houve até momentos em que, lutando contra o sono, dormi por cima dele ou o derrubei em meu rosto. Inclusive cheguei a machucar minha boca, coloquei pomada, mas não parei de ler!!! Kkkkk... 

Parar de ler Venenosa não estava nos meus planos. Quando eu achava que a história havia acabado, pensava: e a história vai acabar assim sem que eu descubra o porquê deste livro ter esse nome? E vai acabar assim sem que ela resolva o problema com o irmão? E vai acabar assim sem que eu descubra quem manda essas mensagens secretas e o porquê? Ela não vai procurar a família dela nãããooo?? Como assim, ela não vai voltar a falar e encontrar-se com Mel e Heitor? O pai dela morreu?

Tinha hora que eu pensava: "caramba, não acredito!!! Que raiva, vou parar de ler, que coisa chata. É muita maldade, meu Deus. Será que ela não vai parar de sofrer?" Ficava meio que passando mal mesmo, com frio, as mãos suando, ofegante. Daí eu levantava, bebia água e voltava para a leitura pensando: "se vai ter um final feliz, não há com o quê me preocupar." E isso me deu uma lição de vida: "Se não posso mudar o início e Deus está cuidando do fim, não tenho porque me preocupar com o meio."

Não vou resumir a história. Não vou contar nada simplesmente porque essa não é a história de Anitta, mas de cada um de nós. Sério!!! Foi uma história profunda demais para detalhar suas partes, porque mexeu comigo. Eu ri, chorei, gargalhei, e tive ódio de mim por às vezes querer ser venenosa. Concordo que deixar de ser assim, foi a melhor coisa que aconteceu para a Anitta, mas me pergunto: será que as vezes não é mesmo necessário? E acho que ultimamente preciso ser um pouco 'venenosa' sim. Não por orgulho ou falta de perdão, mas por mais amor próprio mesmo, sabe?! O problema é que às vezes nós sabemos o que queremos e devemos fazer, e como queremos e devemos agir, mas fazemos ao contrário ou por motivações erradas. Ou temos a motivação certa, mas usamos para o que é errado. 

A mensagem do livro é clara: colhemos o que plantamos. Mas há sempre uma segunda chance de desenterrar as sementes erradas e plantar as certas no lugar, colocando o adubo certo por cima e cuidando corretamente dessa nova plantação.

Sei que atrasei o post dessa resenha, mas espero que tenha valido a pena pra você que leu. Espero que você leia esse livro tão maravilhoso... Que não precisou de palavrões ou cenas 'pesadas' demais. E que em sua leitura, descubra os venenos da sua alma e como retirar esse veneno.

TRECHOS MARCANTES
"[...] sempre existe força em nós, basta procurar."
"Mas no final das contas, foi uma escolha nossa."
"É tão errado condenar alguém até pelos erros que nós cometemos."
"[...] não quero mais viver em função de um passado que não posso mudar [...]"
"Nenhum amor dura para sempre quando paramos de alimentá-lo."
"Algumas batalhas nós temos que lutar sozinhos [...]"

 
Boa leitura. Xêro da Lili =*
Ps.: ♥ Amei encontrar personagem com meu nome!!!

E-book disponível na Amazon

5 comentários:

  1. Adorei!!! Gostei do estilo de contar as coisas que ocorriam durante sua leitura. Ri muito!!! Interessante ver um livro que aborda o perdão! Parabéns pela resenha!!!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, Excelente resenha, parabéns. Pelo que você contou, o livro parece ser arrebatador. Interessante!!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Aline! Você tocando meu coração e me fazendo chorar! Obrigada pelo carinho e por saber que meu livro te tocou tanto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Olha eu não li a resenha só alguns trechos com medo de spoiller, pois estou com esse livro engatilhando para as próximas, eu já li 3 livros da Fê e em cada um deles sai mais fã (se é que é possivel, ela escreve muito bem!!).
    Quando ler eu volto e leio, mas parabéns pelo post e por se deixar encantar por essa autora maravilhosa.
    Beijos.

    Giuliana.

    www.clubedolivro15.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí, Giuliana?? Fiquei curiosa pra saber se você leu o livro e o que achou!! Passei em seu blog e vi que ainda não tem resenha. Leeeiiiaaa... VAI AMAR!!! :D <3 E muito obrigada por seu comentário.

      Excluir

Top Postagens