Top Postagens

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Precisa de definição?


Sei que você não resiste a mim. E quer saber? Isso é preocupante. Quero sua amizade, mas está ficando impossível. Acho que não te amo, mas te quero comigo. Assumo: também te desejo.

E agora, o que fazer? Você nem de longe é o mais bonito dos rapazes, mas transmite algo que eu não sei explicar. Penso em você, te quero comigo, quero seu abraço, anseio seus beijos. Jesus me perdoe, mas acho que estou pecando em pensamentos.

Todos os dias tentando te evitar, mas me pego pensando em você, em seu jeito sedutor de me olhar. E ao mesmo tempo em que te desejo, vem em mim uma imensa saudade de quando éramos apenas amigos. Entende?

O que dizer quando a gente ama, mas não quer dizer "eu amo você"? Algumas pessoas já dizem "okay". Okay? Como os personagens de algum filme de amor...

E eu, o que falo pra você? O que falo pra você entender? Talvez o nosso "eu amo você" seja o silêncio que nos aflige ou o turbilhão de palavras que descontrola meus pensamentos, sentimentos.

Eu não sei em que momento comecei a gostar de você tanto assim, mas já não consigo mais suportar essa dor sem fim. A dor de querer estar contigo sem poder anunciar, de querer estar ao teu lado, em teus braços, sem poder te amar. O pior disso tudo é que eu sei que é recíproco. E como é... Mas é proibido pelas circunstâncias, pelo momento. Quem sabe algum dia, num é? Quem sabe...

Saudade dos teus abraços. Saudade. Saudade.
Ainda foi pouco os abraços de hoje à tarde. Saudades...

É uma saudade estranha de momento que ainda não aconteceu

Saudade estranha do beijo que você ainda não me deu.

Já não durmo. Passo madrugadas recordando músicas que me recordam você.

Não quero, mas ao mesmo tempo quero: tentar te esquecer.

"Eu gosto tanto de você que até prefiro esconder

Deixa assim ficar subentendido"
(Lulu Santos)

"Te ver e não te querer

É improvável, é impossível”
(Skank)

Nenhum comentário:

Postar um comentário